top of page
Buscar

Palmeiras pode perder Gustavo Gómez e Rony para o futebol da Arábia


Gustavo Gómez e Rony voltaram a ser citados como alvos do mercado da Arábia Saudita, mas a diretoria segue disposta a mantê-los.


Gustavo Gómez já teve uma oferta do Al-Nassr, equipe de Cristiano Ronaldo e comandada por Luís Castro, ex-Botafogo, na Arábia Saudita, e agora está na mira do Al-Ittihad, do mesmo país. Já Rony recebeu sondagens de quatro times da Arábia, segundo seu empresário, Hércules Júnior.


Nos dois casos, o Palmeiras não recebeu ofertas recentes, mas mesmo que cheguem, está disposto a falar “não” mais uma vez.


Depois de fechar a janela de transferências do meio de ano sem contratações, o clube reforçou a posição de que o mais importante seria segurar os principais nomes no mercado.


Mês passado, Abel já tinha dito que o elenco ficou mexido por ofertas “com muitos zeros”. Na quarta-feira, ele voltou a tocar no assunto em entrevista coletiva. “Espero que o Veiga não vá para lado nenhum. Que o Rony, Zé, Gómez não vão para lado nenhum. Se eles começarem a ir para todos os lados, eu também tenho que ir. Não faço milagres. Preciso deles, como eles precisam de mim”, destacou Abel.


As principais janelas europeias estão se aproximando do fechamento, mas o mercado árabe, que tem tirado jogadores até dos clubes mais ricos do mundo, segue aberto até o dia 20 de setembro.


Renato Bittar, empresário de Gustavo Gómez, falou após a oferta do Al-Nassr que teve uma conversa com o Palmeiras e que respeita o acordo do clube. O contrato do zagueiro é válido até 2026. O interesse do Al-Ittihad foi revelado pelo Uol.


Já Rony tem vínculo até o fim de 2025 e chegou a 21 gols pelo Verdão em Libertadores. Ele é o maior goleador alviverde na história da competição.


(Com ge)

Comments


bottom of page