top of page
Buscar

Parceria com Fundo Social viabiliza curso para reeducandas de Tupi Paulista

Com Assessoria

Ofertar qualificação profissional para favorecer a reintegração social de mulheres privadas de liberdade. Esse é um dos objetivos da parceria firmada entre a Penitenciária Feminina de Tupi Paulista e o Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura daquele município.


A cerimônia da aula inaugural do curso de manicure e pedicure que será ministrada inicialmente para 20 reeducandas do regime semiaberto, foi realizada na Penitenciária com a presença da diretora da unidade, Adriana Alkmin, do vice-prefeito da cidade, Nedécio Lazari, da secretária municipal de Ação e Desenvolvimento Social, Aparecida Maria Alonso e do delegado de Polícia Civil, Matheus Videira da Silva.


A secretária municipal Aparecida Alonso acredita que proporcionar oportunidade de aprendizado de uma profissão que possa gerar renda, é essencial para preparar as reeducandas para o retorno ao convívio social e enfrentar o mercado de trabalho.


Para a Diretora Técnica III da unidade, Adriana Alkmin, a parceria com o Fundo Social de Solidariedade agrega recursos que possibilitam cumprir a missão de promover a reinserção social das reeducandas. “É preciso capacitar mulheres a empreender, cooperando para que não se submetam mais ao recrutamento ou aliciamento por vinculação sentimental por seus companheiros”, comenta.


A cerimônia também contou com a presença das alunas do novo curso, que terá duração total de 24 horas, com duas aulas semanais. Outras três turmas estão previstas para serem formadas. Ao término dos estudos, as alunas receberão certificado emitido pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Opmerkingen


bottom of page