top of page
Buscar

PM confirma morte das 4 pessoas em helicóptero que caiu em SP rumo a Ilhabela

Com G1

Helicóptero desaparecido por 12 dias é encontrado; 4 ocupantes não sobreviveram


A Polícia Militar de São Paulo disse nesta sexta-feira (12) que não há sobreviventes do acidente com o helicóptero que estava desaparecido e foi encontrado nesta manhã na região de mata de Paraibuna (SP).


"Todos estão mortos", afirmou o coronel Ronaldo Barreto de Oliveira, comandante da Aviação da Polícia Militar de SP.


O helicóptero foi localizado pela PM às 9h15. Em seguida, um grupo que fazia as buscas precisou descer de rapel até o local do acidente. As quatro vítimas da queda da aeronave eram uma mãe e sua filha, de 45 e 20 anos, um amigo delas, de 41, e o piloto, de 44. A aeronave saiu da cidade de São Paulo e tinha como destino Ilhabela, no Litoral Norte do estado.


Segundo o comandante da PM, a partir de agora, os trabalhos de investigação serão feitos pela Força Aérea Brasileira (FAB), através da Ceripa 4.


De acordo com o Coronel Ronaldo Barreto de Oliveira, a aeronave não tinha caixa preta ou algum tipo de localizador.


"Nós checamos desde o começo. Não possui nenhum tipo de localizador, caixa preta... Essa aeronave não possuía nenhum recurso para localização".

Localização

Durante coletiva de imprensa, o Coronel Oliveira explicou que a identificação do sinal de celular dos passageiros pela Polícia Civil fez com que a PM conseguisse reduzir a área de busca de 5 mil quilômetros quadrados para um raio de 12 quilômetros.


O delegado Milton Clemente, do Departamento de Operações Policiais Estratégicas da Polícia Civil, disse que no começo, a missão "era praticamente impossível e depois das informações ela se tornou difícil".


E destacou a importância dessas aeronaves de pequeno porte também terem localizador. "Se todas as aeronaves, inclusive os helicópteros de pequeno porte, pudessem ter um localizador, uma caixa preta, isso facilitaria muito".


Paraibuna, município paulista do Vale do Paraíba, fica a 120 quilômetros de distância do Campo de Marte, em São Paulo, local onde o helicóptero havia decolado, e a aproximadamente 80 quilômetros de Ilhabela, destino final.


Após ser encontrado pela PM, o helicóptero H-60 Black Hawk, da Força Aérea Brasileira, se deslocou até o local com uma equipe especial de resgate, formada por nove pessoas com capacidade de descer de rapel para fazer investigação no local onde os destroços do helicóptero.

Comments


bottom of page