top of page
Buscar

Polícia Ambiental prende homem condenado a 17 anos de prisão por homicídio e ocultação de cadáver

Envolvido foi localizado no Assentamento Miriam Frias, nesta quarta-feira (6). - Com G1 Prudente

A Polícia Militar Ambiental prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (6), um homem, de 48 anos, procurado por homicídio, no Assentamento Miram Frias, em Sandovalina (SP). Ele também deverá responder por posse ilegal de arma de fogo.


De acordo com a corporação, uma equipe foi até um lote do assentamento para verificar uma denúncia de suspeita de envenenamento de animais e da presença de um procurado pela Justiça.

Quando a polícia chegou ao local, o homem avistou as viaturas e tentou escapar e adentrar em um barraco.

No entanto, ao ser abordado pela equipe, foi verificado que ele possuía um mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário de Joinville (SC) e era procurado por homicídio e ocultação de cadáver, com pena de 17 anos a cumprir. Ainda durante a vistoria realizada pela Polícia Ambiental, foi encontrado um rifle de calibre 32.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, em Sandovalina, onde permaneceu à disposição da Justiça.

bottom of page