top of page
Buscar

Polícia Civil cumpre mandado contra suspeito de estupro de vulnerável em Paulicéia

Com Assessoria

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Paulicéia, com o apoio operacional de agentes da Delegacia de Polícia de Panorama, cumpriu, nesta quinta-feira (14), um mandado de prisão temporária contra um homem de 43 anos, suspeito de praticar o crime de estupro vulnerável contra três filhas do próprio acusado.


Após a Polícia Civil ser informada sobre o crime que vitimou uma criança e duas adolescentes, cujas idades não foram divulgadas, no mês de agosto, em Paulicéia (SP), foi instaurado um inquérito policial. A polícia representou pelo pedido de prisão temporária, com prazo de 30 dias, do suspeito, que é pai das vítimas.


Durante uma ação policial estratégica realizada hoje (14), agentes da Polícia Civil deram cumprimento à ordem de prisão cautelar expedida pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Panorama. O suspeito foi localizado e preso em sua residência, situada na região central da cidade de Paulicéia. O capturado não ofereceu resistência e foi conduzido à Delegacia de Polícia para formalizar o cumprimento do mandado de prisão.


O acusado passará por audiência de custódia para, posteriormente, ser removido para uma unidade prisional, ficando à disposição da Justiça. A Polícia Civil poderá pedir a prorrogação do prazo da prisão temporária por igual período, ou também, após o relatório final, protestar pela conversão da temporária para prisão preventiva.


O suspeito já possui em seus antecedentes criminais, além de outros delitos, o crime de estupro ocorrido no ano de 2014. Também consta que o acusado está em liberdade desde o ano de 2022, por ter recebido benefício da progressão pena ao regime aberto.

Comentarios


bottom of page