top of page
Buscar

Polícia resgata mulher submetida à exploração sexual forçada em Bataguassu

A Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) e o Núcleo Regional de Inteligência (NRI) trabalharam no caso - Por Cenário MS

A Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) e o Núcleo Regional de Inteligência (NRI) de Bataguassu realizaram, no último mês, o resgate de uma mulher catarinense, que estava sendo forçada a se prostituir e submetida a condições análogas à escravidão em uma boate na cidade de Bataguassu.

Segundo a Polícia Civil, a investigação teve início após a denúncia de duas mulheres paraguaias, que afirmaram terem sido atraídas para o município de Bataguassu com a falsa alegação de que trabalhariam como babás, entretanto, assim como a catarinense, foram forçadas a trabalhar como garotas de programa.

Com a denúncia, a Polícia Civil iniciou as investigações e resgatou a mulher, que foi levada pela polícia para um lugar seguro fora do estado. A data dos fatos e a divulgação desta notícia foram adiadas pelos investigadores para preservar a integridade da vítima.

Em nota, a Delegacia de Atendimento à Mulher informou que continua comprometida em garantir a segurança e os direitos das vítimas de exploração e violência.

" As investigações estão em andamento para identificar outras possíveis vítimas e responsabilizar a dona do lugar onde a vítima foi encontrada.", esclareceu a nota à imprensa.

Comments


bottom of page