top of page
Buscar

Porca da à luz 32 leitões e caso raro chama atenção no RS

A leitoa precisou da ajuda de outro animal para conseguir amamentar todos os filhotes - Globo Rural

Uma porca deu à luz 32 leitões em Tuparendi, município do Rio Grande do Sul, após um trabalho de parto de quase 4h. A gestação durou 115 dias.

De acordo com Alexandre Scalco, assistente técnico da Granja Marin Cinquentenário, a porca estava na quinta gestação e teve um número de filhotes acima da média em todas. Na primeira, foram 16 leitões. Depois, 19, 22 e 22, respectivamente. “O caso é bastante raro, pois a média, na nossa integração, é de 15 filhotes vivos em uma gestação normal. Algumas fêmeas podem chegar até a 22 ou 24, o que não seria tão incomum. Algumas outras, por vários fatores, têm menos. Então, na média, é 15”, explica.

Como o animal possui apenas 16 tetas, a equipe precisou recorrer a outra leitoa da granja para que todos os filhotes pudessem ser amamentados após o nascimento.

“A forma correta é que os filhotes mamem o colostro da mãe, o primeiro leite com imunoglobulinas. Em um caso assim, conforme os porquinhos vão nascendo, a gente não sabe se serão 10, 12 ou 20, então os marcamos eles no nascimento”, explica Scalco. Conforme os filhotes nascem, os profissionais estabelecem grupos para garantir que todos irão se alimentar do colostro. Depois disso, o manejo da outra porca é liberado.

A granja localizada em Tuparendi realiza, em média, 35 partos semanais e registrou em uma gestação anterior o nascimento de 27 filhotes.

“Quando o meu funcionário ligou, ele ficou impressionado, pois isso nunca tinha acontecido. Eu não pensei nada na hora, mas todo mundo de fora me ligou pedindo um leitãozinho”, brinca um dos membros da família Marin à Globo Rural.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page