top of page
Buscar

Preço do boi gordo segue em ritmo lento no mercado

Com Globo Rural

Foto: Wenderson Araujo/CNA


O indicador do boi gordo do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq) na B3 cedeu 1,3%, fechando a R$ 229,35 no dia 30 de abril e evidencia um ritmo lento para este mercado, segundo análise divulgada hoje pela entidade. Quando considerada a média mensal, de R$ 230,51, verificam-se quedas de 1% em comparação ao mês de março e de 17% em relação a abril de 2023, em termos reais (IGP-DI).


Para a consultoria Agrifatto, o mercado parece estar ainda no feriado de 1 de maio. Na B3, as movimentações também foram mais calmas, sendo a maior variação negativa registrada nos contratos de maio, que recuaram 0,30% no comparativo diário, fechando em R$ 229,95 por arroba.


De um lado, frigoríficos estão com as escalas de abates preenchidas e pressionam os preços da arroba do boi para baixo. Em Goiás, o valor fechou ontem em 0,55% a menos em relação ao dia anterior, cotado em R$ 213,11 por arroba. Em São Paulo, a queda foi de 0,62%, precificado em R$ 230,40 por arroba.


Por outro lado, o mercado está otimista em retomar preços na segunda quinzena de maio. E, de acordo com a consultoria, as taxas cambiais do dólar e a valorização do real terão efeito sob os preços da carne.

Comments


bottom of page