top of page
Buscar

Projeto de empreendedorismo propõe transformar ideias em negócios

Atualizado: 22 de ago. de 2023

Portal Prudentino

No segundo encontro, será feita uma avaliação do resultado das duas análises e sintetizada na forma do modelo de negócio Canvas (Foto: Arquivo/Sebrae)


Em Presidente Prudente, o Núcleo de Empreendedorismo (Nemp) da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) e a Incubadora Tecnológica de Presidente Prudente (Intepp) lançaram o Projeto Start – Transformando ideias em negócios, com a oferta de workshop gratuito.

Na quarta-feira (23), haverá análise do setor de negócios e forças do mercado. Na quinta-feira (30) o encontro será sobre o modelo de negócios Canvas. Ambos encontros terão como facilitador o professor João Cezário Giglio Marques, presidente da Intepp, que articulou a trilha empreendedora com a gerente da Intepp e coordenadora do Nemp, professora Fernanda Bagli.

Os encontros ocorrerão no campus 1 da Unoeste, das 18h às 18h50. A Trilha Empreendedora é totalmente gratuita com direito a certificado e no formato de oficina “mão na massa”.

As inscrições estão abertas para alunos de todos os cursos e para a comunidade externa, com acesso pela homepage da Unoeste, no espaço "Fique por Dentro".

"No primeiro encontro, o aprendizado estará voltado para extrair informações relativas às ameaças e oportunidades do ecossistema da área do negócio escolhido pelos participantes", explica Cezário.

A partir daí, será estruturada uma matriz que deve ser analisada para concluir sobre a viabilidade do negócio proposto. “Em seguida partiremos para a segunda análise que analisa as forças do mercado e classificada cada força como bom ou mau negócio. Saberemos de forma aprofundada o possível sucesso ou insucesso do negócio”, explica o professor facilitador.

No segundo encontro, será feita uma avaliação do resultado das duas análises e sintetizada na forma do modelo de negócio Canvas, com nove subsistemas componentes.

Os anteprojetos viabilizados poderão ser apresentados na Intepp, para que seus autores possam continuar a desenvolver a proposta. “Atualmente a proatividade proporcionada pela filosofia empreendedora está movendo alunos para se tornar um ser diferenciado no mercado de trabalho”, diz Cezário.


Comments


bottom of page