top of page
Buscar

Projeto promete plantio de 12 milhões de árvores no Pontal do Paranapanema

Atualizado: 10 de jul. de 2023

Pontal do Paranapanema mantém último fragmento da Mata Atlântica na região de Prudente - Portal Prudentino

Investimento privado de R$ 350 milhões para o plantio de 12 milhões de árvores no Pontal do Paranapanema em ação de restauração florestal da Mata Atlântica. O projeto foi anunciado nessa quinta-feira (6), pelo Governo do Estado de São Paulo.

A iniciativa da biofarmacêutica global AstraZeneca está alinhada ao Plano Estadual de Meio Ambiente, que prevê investimentos de mais de R$ 2,1 bilhões em ações de sustentabilidade nos próximos quatro anos.

“São R$ 350 milhões em investimentos em restauração florestal, e o Governo de São Paulo é um facilitador deste processo. É uma parceria que traz para o Pontal do Paranapanema um grande esforço para que a gente possa ter um trabalho social, com geração de emprego e renda, ao longo do plantio de 12 milhões de árvores. E que também nos ajuda a cumprir a nossa meta de recuperação florestal do estado”, afirma o vice-governador Felicio Ramuth.

A iniciativa integra o projeto ARR Corredores de Vida, elaborado em parceria entre a Biofílica Ambipar, empresa que atua no mercado de créditos de carbono, e do Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ), ONG que coordena projetos de conservação de biodiversidade e inovação socioambiental.

ONG Ipê mantém viveiros para produção de mudas em larga escala no Pontal | Foto: Rogério Mative

A ação prevê o plantio de 12 milhões de árvores em áreas particulares que somam mais de 6 mil hectares, o equivalente a 38 Parques do Ibirapuera ou 6 mil campos de futebol.

De acordo com a biofarmacêutica, a iniciativa assegura a geração de 400 empregos, além de proporcionar um habitat seguro para espécies ameaçadas de extinção no Pontal do Paranapanema.

Corredores ecológicos

O projeto ARR Corredores de Vida visa criar corredores ecológicos por meio da restauração da vegetação nativa da Mata Atlântica e conectar florestas remanescentes na região do Pontal do Paranapanema.

A ação vai ao encontro da proposta do Governo de São Paulo, que também prioriza a formação de ecossistemas que ligam áreas florestais fragmentadas, facilitam a cobertura vegetal nativa e ampliam a proteção da fauna.

A iniciativa é parte do projeto global AZ Forest, pelo qual a AstraZeneca pretende plantar mais de 200 milhões de árvores em todo o mundo até o final de 2030.


Commentaires


bottom of page