top of page
Buscar

Quase 9 milhões de brasileiros de 18 a 29 anos não concluíram a escola, mostra Censo Escolar 2023

Com G1

Os dados do Censo Escolar da Educação Básica 2023, divulgados nesta quarta-feira (22) pelo Ministério da Educação (MEC), mostram que 8,8 milhões de brasileiros de 18 a 29 anos não terminaram o ensino médio e não frequentam nenhuma instituição de educação básica.


Considerando todas as faixas etárias, são 68.036.330 cidadãos sem a escolarização básica no país. Os seguintes fatores sinalizam um alerta para que brasileiros continuem fora da escola:


✏️Na EJA, o número de adultos matriculados caiu 7% de 2022 a 2023.


✏️O ensino médio é "campeão" de evasão escolar, de acordo com o Censo, de 2020 a 2021, 7% dos alunos do 1º ano desistiram dos estudos e 4,1% foram reprovados. Segundo os especialistas, a reprovação é um dos fatores que levam o aluno a abandonar a educação básica.


✏️Em 2023, no 6º ano do ensino fundamental, 15,8% dos estudantes não tinham a idade adequada (porque foram reprovados, por exemplo, ou porque abandonaram o colégio em algum período). Esse é mais um fator que pode aumentar o risco de, futuramente, o jovem interromper os estudos.


Para Ivan Gontijo, gerente de políticas educacionais da ONG Todos Pela Educação, a necessidade de ingressar no mercado de trabalho, a estrutura defasada do "antigo" ensino médio e as lacunas de aprendizagem são outros fatores que levam o jovem a sair precocemente da escola.


Por outro lado, há números que apresentam uma perspectiva de redução na evasão escolar:

🧑‍🏫A educação em tempo integral, uma das apostas para diminuir os índices de desistência, registrou um aumento no percentual de matrículas no ensino médio: de 20,4% para 21,9% na rede pública e de 9,1% para 11% na rede privada.


🧑‍🏫O ensino técnico, seja nos colégios ou após a formação da educação básica, cresceu significativamente: em um ano, as matrículas saltaram 12% e chegaram a 2.413.825. É mais uma tentativa de atrair o jovem para os estudos.


🧑‍🏫Considerando apenas o ensino técnico integrado ao ensino médio (ou seja, oferecido pela escola), há 782.129 alunos matriculados.


Camilo Santana anunciou também que pretende promover um programa que una a EJA e o ensino técnico: adultos e idosos poderão retomar os estudos com uma modalidade escolar que seja profissionalizante.

Comentários


bottom of page