top of page
Buscar

Sem maturidade, sem avanço



“Embora a esta altura já devessem ser mestres, precisam de alguém que ensine a vocês novamente os princípios elementares da palavra de Deus. Estão precisando de leite, e não de alimento sólido! Quem se alimenta de leite ainda é criança e não tem experiência no ensino da justiça. Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal.”

Hebreus 5:12-14


Com certeza você já ouviu a frase “tamanho não é documento”, não é?


Lembro-me de que, durante a escola, por volta dos 7 ou 8 anos, essa frase era comum por parte das meninas “baixinhas” da turma, das quais eu era fazia parte.


Geralmente, essa frase era dita em momentos que nos tratavam como se não fôssemos capazes de fazer algo, sempre, claro, com tom de brincadeira.


Mas, afinal, o que essa frase tem a ver com o texto bíblico acima? Simples: tem a ver com maturidade.


Por vezes, confundimos maturidade com idade; pensamos que, por termos uma determinada idade, já somos maduros o suficiente para algumas coisas da vida, porém, para a nossa surpresa, essa não é a verdade.


O que quero dizer é que podemos estar durante toda a vida dentro da igreja e, ainda assim, permanecermos como bebês na fé.


Em diversos momentos, medimos o nosso crescimento e maturidade em Deus com a quantidade de vezes que frequentamos aos cultos.


A realidade é que essa é uma grande mentira, que Satanás usa para colocar à nossa frente novos níveis que não seremos capazes de suportar por falta de maturidade, fazendo com que nós mesmos tornemos o que deveria ser bênção em maldição.


Veja esse exemplo para entender melhor: sabemos que uma criança não está apta a manusear uma tesoura, certo? Porém, o que traria problema para ela não seria o objeto e, sim, a falta de maturidade.


O que quero dizer é que, muitas vezes, queremos ter em nossa vida algo que ainda não temos o crescimento ou entendimento necessário para sabermos lidar e, por insistir no erro, acabamos nos “machucando” como a criança que não sabe manusear a tesoura e logo se corta com ela.


Se desejamos avançar, crescer, conquistar novos níveis neste novo ano, precisamos estar cientes de que a maturidade será necessária.

Deus deseja nos lançar a voos mais altos e nos presentear com conquistas extraordinárias, porém não deseja que Suas bênçãos sejam transformadas em maldições para a nossa vida.


Por isso, se você anseia por novas conquistas, será necessário dar a devida atenção à maturidade, pois, sem ela, não alcançaremos os planos de Deus.


Lembre-se: uma bênção fora do tempo pode se tornar em uma maldição.


O Senhor foi quem escreveu todos os segundos da nossa vida. Desde a eternidade já escreveu cada momento da nossa história.


Então, aceite passar pelo processo do amadurecimento espiritual para que você esteja apto a receber Dele novos níveis.


Aproxime-se Dele, dedique sua vida à intimidade com Ele, tenha uma vida de oração e passe tempo com o Senhor. Busque vida na fonte inesgotável que é a Sua Palavra e abra seu coração para as mudanças que o Espírito Santo deseja fazer, afinal, você é morada Dele.


Ore comigo:

“Deus, obrigado pelo privilégio de ter sido criado pelo Senhor e por estar vivo hoje. Obrigado, também, por ser o Autor da minha vida e pela linda história que tem para mim.

Peço que o Seu Espírito sonde o meu coração e mostre-me áreas da minha vida em que preciso amadurecer. Sei que até encontrá-lo estarei em constante crescimento e aprendizado, por isso, ajude-me a dar lugar à maturidade, pois quero avançar e viver todos os planos que o Senhor tem para mim.

A partir de hoje, derramo a minha vida aos Seus pés e desejo conhecê-lo mais.

Em nome de Jesus, amém!”

Comments


bottom of page