top of page
Buscar

Volta às aulas: confira 5 dicas essenciais para organizar sua vida financeira

Por Assessoria Sicredi Rio Paraná


O início do ano pode ser motivo de transtornos e preocupações, afinal, é nesse período que as férias, as festas e impostos como o IPTU e IPVA podem pesar no bolso. Aliado a tudo isso, aparecem, ainda, custos com a volta às aulas das crianças. A boa notícia, no entanto, é que alguns hábitos podem refletir em tranquilidade quando se trata de finanças — e podem ser mais simples do que você imagina. Gastar de forma consciente não comprometerá sua vida financeira e, por isso, separamos cinco dicas que podem mudar totalmente a sua relação com as finanças neste período, confira a seguir.


1. Criar um orçamento mensal pode ser a chave para organizar suas finanças de uma vez por todas


Ter as despesas de todo mês visualizadas de forma clara ajuda a não cair nas tentações das compras por impulso. Com uma planilha ou lista pronta, você controla melhor custos fixos como moradia, alimentação e transportes e, assim, saberá exatamente quando tiver gastos extras ou supérfluos. Muitos especialistas no assunto orientam, inclusive, a acrescentar uma quantia mensal durante os dozes meses para que esta seja destinada às contas de início do ano.


2. O ano anterior pode evitar várias compras desnecessárias


É comum que itens já usados ainda estejam em bom estado, como mochila e partes do uniforme, por exemplo. Neste caso, é importante fazer com que as crianças participem das decisões. É um momento que pode ser aproveitado para construir didáticas sobre educação financeira com crianças e jovens. Isso inclui conversar para que nem tudo que “está na moda” precise ser adquirido, como cadernos de personagens do momento que costumam ser mais caros que o padrão.


3. Leve a lista de materiais a sério


Siga à risca para que os diversos itens de papelaria que fazem a alegria dos pequenos não sejam motivo de compras desnecessárias. Além disso, não saia comprando! Sem lista, a conta fica mais cara. Outra forma de ter finanças saudáveis é encarar todo o processo com paciência. Mesmo assim, é preciso ficar atento com os itens enviados pelas escolas como obrigatórios. Há materiais que, na verdade, não são obrigatórios e sim complementares. Outra dica é comprar itens que já se sabe que são necessários como caneta, lápis, borracha e estojo ao longo do ano. A lei da oferta e procura nos diz que esses itens ficam, sim, mais caros no início do ano justamente porque todos estão procurando a mesma coisa.


4. Etiquetar evita desperdício


Pode parecer desnecessário, mas identificar os materiais funciona e muito para evitar gastos duplicados. Isso porque evita perdas e confusão sobre os pertences em sala de aula. Desta forma, um ato simples como etiquetar lápis, caneta, borracha, apontador, lancheira e outros faz com que você não precise comprar tudo repetidamente por conta de extravios comuns em ambiente escolar.


5. Use a tecnologia a seu favor


Aproveite que estamos sempre com o celular na mão e use e abuse de aplicativos que auxiliem suas decisões e mostrem como estão suas aplicações, por exemplo. É fácil optar por guardar seu dinheiro enquanto rende em alguma das ferramentas de aplicação Sicredi. No app, é possível conferir as movimentações, programar e simular investimentos. Aplicar é uma forma de obter lucros de forma passiva.


O diretor executivo da Sicredi Rio Paraná, Vanderlei Oliveira, esclarece qual a forma de guardar preferida dos brasileiros. “Para quem prefere guardar de forma mais tradicional, a Poupança segue sendo a preferida dos brasileiros. A quantia colocada nessa ferramenta pode ser destinada durante todo o ano para os gastos com a volta às aulas. Assim, você ficará surpreso quando chegar o início do ano e tiver quantias a mais guardadas que irão evitar o estresse de novas dívidas”.

 

bottom of page