top of page
Buscar

Ano novo: que tal pensar em suas metas de bem-estar e qualidade de vida?

Com Terra

Foto: iStock


Os primeiros dias de 2024 são aqueles clássicos em que a gente avalia o que podia ter feito -e não fez- pela saúde no ano que terminou, e começa a planejar o que vai ser diferente. Até que ponto conseguimos cumprir nossas promessas? 


Emagrecer, alimentação mais saudável, largar o cigarro, moderar na bebida, fazer atividade física, dormir melhor, gerenciar o estresse e ter mais tempo para você são, via de regra, os pilares básicos das mudanças pretendidas.


Muitas coisas juntas? Depende! Mudar um hábito ou padrão de comportamento não é uma tarefa muito simples, mas dá sim para fazer. A gente reuniu aqui algumas dicas para aumentar sua chance de sucesso. Vamos lá?


  • Pense em metas realistas


É melhor começar aos poucos, com metas mais tangíveis, do que criar um objetivo muito distante da realidade, não conseguir chegar lá, se frustrar e desistir. É melhor ir devagar e ampliar aos poucos, do que abandonar o barco no meio da viagem.


  • Planeje e busque suporte


É importante planejar. Não precisa tentar resolver tudo de uma única vez. Talvez ir modificando um hábito de cada vez seja mais tranquilo. Procure profissionais que possam te orientar e dar suporte como professor de educação física, nutricionista, psicólogo e endocrinologista. E escolha o melhor momento para começar. Nas férias talvez seja melhor relaxar para, então, na volta à sua rotina, você poder se ocupar das mudanças.


Se matricular na academia ou praticar mais exercícios físicos são metas populares de ano novo


  • Não é só mudar, tem que incorporar 


Não basta mudar e, depois, ir voltando aos poucos às antigas práticas. É essencial que os novos hábitos sejam incorporados à sua vida e convertidos em práticas sustentáveis ao longo do tempo.


  • Olhe para suas emoções


Cuidar das emoções, dos pensamentos e da saúde mental é fundamental. Nós, humanos, temos uma certa tendência à acomodação. Mudanças de hábito exigem esforço, um certo grau de desconforto e podem gerar ansiedade. Temos que aprender a lidar com as nossas cobranças, expectativas e o estresse. Pode não ser fácil no início, mas lá na frente, com certeza compensa.

bottom of page