top of page
Buscar

Os benefícios das cores na alimentação: Comida colorida = Saúde no prato!


Você já deve ter ouvido alguém falando que a comida do prato tem que ser colorida. E, apesar de tentador, isso não significa um prato cheio de chocolates com casquinhas verdes, azuis e etc.


Mas você sabe o motivo dessa recomendação?


Por que será que diversificar os tons dos alimentos que você ingere é tão importante?


Muito simples, quanto mais cores você ingere, mais vitaminas, antioxidantes e fitoquímicos seu corpo recebe, e mais forte ele se torna.


Abaixo estão os grupos de cores, quais os benefícios de cada um e alguns alimentos de exemplo. Vamos lá:


Roxo/azulados – grupo bem representado pelo mirtilo, amora e berinjela, esses alimentos ricos em antocianinas, um grupo de antioxidantes que protege o coração, tem propriedades anticancerígenas e possuem vitaminas e minerais como potássio, magnésio, folato e vitamina C. As antocianinas se encontram principalmente nas cascas, pois, no alimento, agem como proteção contra os efeitos do sol. Logo, quanto mais escuro, mais antocianina apresenta. Nesse grupo também estão presentes nossas frutas açaí e jabuticaba que, como todas as outras berries são fonte de ácido elágico outro composto bioativo que, além de ter propriedades anticancerígena e cardioprotetora, também é antibacteriano e melhora a circulação sanguínea. Esse composto, ao contrário das antocianinas, se concentra mais nas sementes. P.S.: alguns alimentos vermelhos também entram aqui como fonte de antocianinas, que é o caso das framboesas e romãs, por exemplo.


Vermelhos – melancia, goiaba, tomate e pimentão vermelho, são exemplos de fonte de licopeno, um carotenóide com alto poder antioxidante, principalmente contra alguns tipos de câncer, como o de próstata, e doenças cardiovasculares. Alimentos vermelhos, como as cerejas, também possuem flavonóides, um outro grupo de antioxidantes que ajuda a reduzir a inflamação e folato, que auxiliam na redução da pressão arterial. Assim como os roxos e azulados, os alimentos avermelhados, também são fonte de vitamina C, que fortalece seu sistema imune e previne contra gripes e resfriados. Além disso são fonte de carotenoides, composto que também se encontra nos alimentos amarelados, alaranjados e verdes.


Laranjas/amarelos – ótimas fontes de carotenóides, como o beta caroteno, a luteína e a zeaxantina, e vitamina C. Os carotenóides são precursores da vitamina A, também conhecida como retinol ou ácido retinóico, e ajudam a manter a saúde dos olhos, da pele e a boa memória. Consumir alimentos dessas cores melhora a visão noturna, a função cognitiva, ajuda a prevenir a catarata, a reduzir o risco de doenças cardiovasculares e câncer. Boas fontes: cenoura, abóbora, mamão, abacaxi e batata doce, entre outros.


Verdes – fontes de clorofila, vitamina C, cálcio (vegetais verde escuros são riquíssimos em cálcio!), ferro, vitamina K, ácido fólico e fósforo, os alimentos dessa cor ajudam a coagulação sanguínea e fortalecem dentes, ossos e sistema imune. Além disso, alguns alimentos verdes, como o brócolis, a couve e o repolho (conhecidos como crucíferos) são fontes de isotiocianatos, que vem sendo muito estudados por suas ações anticancerígenas e sua ação na melhora da detoxificação do fígado. Alimentos verdes também são excelentes fontes de carotenoides, ou seja, protegem os olhos e a função cognitiva assim como os vermelhos e laranjas. Alimentos: limão, abobrinha, salsa e alface, entre outros.


Brancos – você pode até achar que não tem cor, mas pode ter certeza que tem muito nutriente! Os alimentos brancos, como a banana, a cebola, o cará e a couve flor (outra crucífera!), são ricos em vitaminas do complexo B e flavonóides, como a quercetina, que ajudam a reduzir o risco de infartos, reduzir inflamação e aumentam a energia. O alho, possui um antioxidante chamado alicina, que age como um antibiótico natural e ajuda a diminuir a pressão. P.S.: o inhame é cinza, mas entra aqui..rs!


Commenti


bottom of page