top of page
Buscar

É possível!

Atualizado: 21 de jun. de 2023



No último dia 28 (abril) a Academia Venceslauense de Letras sediou, em seu novo espaço, no Parque Histórico Municipal, com “garbo e elegância”, mais um lançamento de livro: a obra “Direitos Humanos e Progressividade”, escrita pelo Dr Silas Mendes dos Reis.


Dr Silas é Mestre em Direito do Estado pela PUC/SP, Doutor em Direito Constitucional também pela PUC/SP e Pós Doutor em Justiça Constitucional e Direitos Humanos pela Universidade de Bolonha/Itália.


Na obra em tela, Dr Silas reúne argumentos das teses apresentadas para a conclusão dos cursos de Doutorado em Direito Constitucional e Pós Doutorado em Justiça Constitucional e Direitos Humanos.


Nascido e morador de Presidente Venceslau por muito tempo, o menino Silas desde muito cedo percebeu-se atraído pelo conhecimento e pelo processo ensino/aprendizagem. Saiu-se muito bem em todos os níveis regulares de escolaridade e isso lhe deu segurança para galgar novos patamares: concursos públicos, curso superior, especializações, mestrado, doutorado até o pós doutorado, com incursões em universidades no exterior. Atualmente, Dr Silas é Analista Judicial do Tribunal Regional Federal, 3ª região, São Paulo.


Ou seja, o menino Silas, nascido na pequena Presidente Venceslau, transformou sua vida com o mais poderoso instrumento de “metamorfose” de vidas, particularmente ou universalmente falando: a Educação, aliada certamente ao seu esforço pessoal. Essa e outras tantas vidas podem, apesar das adversidades do país em que vivemos, ser transformadas alçando pequenos ou grandes voos, levando-as ao patamar a que todos nós, brasileiros, temos direito. Educação de qualidade que desenvolva nossa cidadania e espírito crítico potencializando cada indivíduo a buscar sua realização pessoal paralelamente à felicidade individual, objetivo maior de nossa criação.


Lançar seu livro em Presidente Venceslau significou ao autor, provavelmente, completar um ciclo de sua vida, revendo amigos de infância, da adolescência, turmas de entretenimento, velhos professores e amigos de fé, já que Dr Silas teve uma passagem marcante nos meios religiosos.


E assim foi: várias palestras, confraternizações, com a culminância do lançamento do livro. E a AVL mais uma vez cumpriu seu papel, incentivando a cultura e fomentando a leitura e a escrita. Precisamos agradecer ao autor o fato de ter escolhido nossa sede para o referido evento. Desde que estamos em nossa nova sede, cedida pelo poder público municipal, já apoiamos o lançamento de obras de cinco autores. Estamos trabalhando para solidificar nosso conceito de instituição sem fins lucrativos que visa, primordialmente, o apoio à palavra escrita e à leitura.


Esse lançamento mais recente foi muito bem sucedido a exemplo dos anteriores. Em todos tivemos público mais do que satisfatório e momentos muito prazerosos. Enfim, a Academia Venceslauense de Letras está aberta a novas atividades culturais e novas parcerias.


Se “uma nação se faz com homens e livros”, como disse o mestre Monteiro Lobato, alertando para a importância da leitura na construção da identidade social do leitor e, especialmente, para o desenvolvimento de um país, seguiremos nessa esteira objetivando fazer com que as pessoas percebam que todos temos direito a um lugar ao sol, e a cultura é o caminho. O lugar onde nascemos não necessariamente determina nossa trajetória de vida. Saibamos valorizar o que temos: uma família, saúde e força de vontade. Assim, então, nada ou quase nada nos poderá deter.


“Mire na lua. Mesmo que você erre, cairá entre as estrelas.”


(Norman Vincent Peale 1898 - 1993)


(*) Aldora Maia Veríssimo - Presidente da AVL

Comments


bottom of page